October 28, 2015

A orquestra do Instituto Trancoso

Poucos esperam que um minúsculo vilarejo de pescadores como Trancoso tenha uma vibrante cena de música clássica ou uma grande orquestra de jovens. Mesmo assim em uma recente noite no íntimo cenário da igreja de 500 anos de São João Batista, clássicos barrocos tocados por mais de 50 jovens músicos encheram o ar de Trancoso.

O Instituto Trancoso foi fundado em 2010 por uma das filantropas do município, Sandra Habib, oferecendo os padrões educacionais de matemática, ciências, línguas, e também programas culturais. O curso de música clássica foi criado em 2011 em parceria com o NEOJIBA (Núcleos Regionais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia).

A cada dois meses a orquestra do Instituto Trancoso se exibe na igreja em um concerto aberto ao público.

A composição tocada nesta noite foi Saint Paul Suite de Gustav Holst, exibida em 4 movimentos e conduzida pelo maestro Marcos Rangel que guia o programa de música do Instituto há mais de um ano.

Os baianos adoram música, e nenhuma das pessoas no auditório pode evitar de serem genuinamente tocadas pelos 50 alunos que tocaram com tanta paixão no lugar mais simbólico de Trancoso. Onde pais orgulhosos e turistas explodiram em aplausos depois (e alguns as vezes espontaneamente até no meio) de cada movimento.

Esses concertos oferecem uma experiência única e emocional, tendo muitos pais em lágrimas. O orgulhoso maestro que junto com os professores fizeram um maravilhoso programa musical no qual em apenas alguns anos foi capaz de formar muitos músicos habilidosos e alguns excepcionais.

Um aplauso especial nesta noite foi para aqueles estudantes que estão se formando este ano e foram os primeiros a serem parte do programa musical há cinco anos atrás.