Comunidade

Grandes vizinhos com grandes iniciativas que apoiamos

O único hotel indicado três vezes consecutivas (2015, 2016 e 2017) como finalista ao prêmio Virtuoso de Liderança no Turismo Sustentável, UXUA criou um resort tropical de luxo que coexiste com a natureza local e hospeda visitantes no coração de uma comunidade histórica. O ingrediente principal de nosso sucesso é a atitude acolhedora e graciosa das pessoas de Trancoso. Dentre nossos vizinhos há lideres de diversos importantes projetos sociais que temos orgulho de apoiar.

“UXUA é luxo com consciência limpa”
O Times de Londres

MUKAÚ APONEM – ENSINO DE SUSTENTABILIDADE PARA OS FUTUROS HERDEIROS DE TRANCOSO

Nativos de Trancoso sempre foram intuitivamente ambientalistas. Seu respeito às tradições e preservação da natureza são a razão porque tantos visitantes creem estar no paraíso.

Porém a modernidade e o crescimento da vila trazem novas ameaças, com a chegada de empresas e instituições governamentais desconhecidas para a grande maioria dos que viveram aqui por toda a vida.

A juventude local cresce nesse mundo em constante mudança e sente a pressão para agir rápido em proteção da beleza e patrimônios da comunidade, garantindo um futuro com a mesma qualidade de vida que trouxe fama a Trancoso.

Falta de recursos e financiamento impedem as escolas públicas de equiparem esses jovens com ferramentas apropriadas ao desafio, então o UXUA em parceria com a ONG Despertar, criou o MUKAÚ APONEM JUVENTUDE AMBIENTAL - uma das iniciativas de educação ecológica mais inovadoras do mundo.

Com o intuito de criar uma geração de ativistas e ambientalistas na comunidade, 10 estudantes talentosos e carismáticos são selecionados dentre 300 candidatos para participarem de um curso de 1 ano – 3 horas por dia, 5 dias na semana – com matérias como ecologia básica, passos práticos para identificação de ameaças ambientais na área e mecanismos de resposta e ação.

É claro que ensinar sustentabilidade com eficácia para adolescentes significa apelar para seu estilo de vida e interesses, logo há ênfase na produção de fotografias, músicas e vídeos, conteúdo compartilhado nas mídias sociais e influenciando toda a comunidade.

Palestrantes convidados incluem celebridades nacionais e internacionais – amigos do UXUA – aumentando ainda mais o apelo do programa. Para a juventude de Trancoso, ser ativo no ambientalismo é visto mais e mais como algo que define sua geração, algo “legal” de ser compartilhado. Nada pode ser mais promissor para o futuro local!


DINEY - CAPOEIRA SUL DA BAHIA

Uma coisa que faz Trancoso ser única é a paixão da juventude local pela própria herança cultural. Os jovens tocam instrumentos tradicionais, cantam músicas antigas, curtem as danças regionais e amam capoeira.

Criada na Bahia pelos escravos africanos (cerca de 4 milhões foram trazidos para trabalhar no Brasil), a capoeira é uma arte marcial realizada em grupos, acompanhada de música. O objetivo da luta não é competir, mas sim expressar alegria, união e força.

A filial de Trancoso da famosa academia Capoeira Sul da Bahia é dirigida pelo generoso e comprometido professor Diney Lima. Desde 2006, o patrocínio do UXUA ajuda Diney a garantir que as crianças que vivem no local possam estudar, independentemente da condição financeira.

Hoje centenas de jovens participam das lendárias apresentações públicas da roda de capoeira no Quadrado Histórico de Trancoso e na praia. A relação do UXUA com a Capoeira do Sul da Bahia tem algumas regras. Os professores da academia visitam o hotel para ensinar capoeira aos hóspedes (100% do custo da aula é revertido para a academia); os hóspedes participam das aulas públicas gratuitas dos jovens locais e, a cada dois anos, o UXUA hospeda professores de todo o mundo durante o Congresso internacional da Capoeira Sul da Bahia.

O UXUA sempre tentou conscientizar o mundo sobre a importância da capoeira e participou ativamente de campanhas para que a luta marcial fosse reconhecida pela UNESCO, o que ocorreu em 26 de novembro de 2014, quando a capoeira passou a ser “patrimônio cultural imaterial da humanidade”.

CHICO E REGINA – ASSOCIAÇÃO DOS PESCADORES DE TRANCOSO

Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia. Ensine-o a pescar, e você o estará alimentando pelo resto da vida. Os hóspedes do UXUA também serão alimentados.

Sempre adoramos o fato de que os pescadores de Trancoso mantêm os negócios de modo sustentável e tradicional.

Aproximadamente 100 pescadores de 30 famílias vão para a água em 10 pequenos barcos de madeira. Pescam com a linha na mão em vez de usar varas de pescar. E as redes são levadas apenas em abril, quando as tarrafas são lançadas diretamente no mar trazendo a tainha – uma delícia sazonal.

Esses métodos, além da obtenção de recursos locais, vão totalmente ao encontro dos valores do UXUA. Compramos diretamente dos pescadores todos os peixes que consumimos, incluindo Vermelho, Ariacò, Cavala, Atum, Dourado, Agulhão, Badejo. Também emprestamos ferramentas para que os pescadores façam reparos no barco e fazemos o possível para apoiá-los (incluindo a oferta de algo servido no UXUA Praia Bar, que sempre foi o ponto de encontro dos pescadores na praia de Trancoso).

Em 2014, o UXUA firmou um patrocínio para a Associação dos Pescadores de Trancoso com o objetivo de garantir um futuro para a pesca tradicional, apresentando programas divertidos e próprios para os jovens locais.

KELLY – DESPERTAR

Temos respeito por todos aqueles que doam, mas temos uma admiração especial por aqueles que doam o bem mais limitado: o seu tempo.

Em setembro de 2010, Kelly Fernanda Paduin começou a organizar e a dar aulas de teatro, dança e pintura para as crianças locais, além de ensinar inglês e francês, o que é de muita valia para abrir oportunidades de trabalho na indústria do turismo.

A mistura de cultura e qualificação profissional foi um grande sucesso e logo Kelly passou a selecionar voluntários da comunidade para ensinar não só às crianças, mas também aos jovens e adultos. A Associação Despertar Trancoso foi formalmente criada e hoje tem 150 alunos matriculados em aulas de artes e capacitação profissional voltadas para o mercado de turismo sustentável.

Atualmente, Despertar tem apenas três funcionários, sendo a maioria das aulas ministrada por 17 professores voluntários, que compartilham o conhecimento e a experiência em primeira mão em uma expressão pura de senso de comunidade.

O objetivo de Kelly é que Despertar possa servir de modelo de caridade voltado para a sociedade na Bahia e no Brasil, proporcionando às pessoas a sensação de recompensa ao devolver algo à sociedade por meio do ensino. No que estiver ao seu alcance, O UXUA irá apoiar o projeto de Kelly.