Comunidade

Liderança no Turismo Sustentável

Na última década a indústria do turismo frequentemente reconheceu a abordagem inovadora do UXUA para com a sustentabilidade; fomos a única empresa indicada por três anos consecutivos ao prêmio Virtuoso de Liderança em Turismo Sustentável, que seleciona cinco finalistas entre os 1750 melhores hotéis do mundo.

O UXUA não é um hotel, é um experimento. Foi criado para produzir impactos positivos, impulsionar as tradições artesanais locais, encorajar a educação e práticas de trabalho progressivas, aumentar a mobilidade social na comunidade bem como dar visibilidade e apoio aos povos originários da região, sempre promovendo a conservação ambiental.

Em 2017 o UXUA foi o primeiro hotel brasileiro signatário do Pacto Global da ONU, comprometendo-se com 10 princípios sobre mão de obra, direitos humanos, meio ambiente e esforços anticorrupção adotados juntamente com as Metas de Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030.

Os conceitos acima não são apenas ideais em nossa empresa, são objetivos reais que nossa equipe aborda com disciplina, profissionalismo e planejamento diários.

Para atingir o maior impacto e melhores práticas, os fundadores do UXUA fazem parte de conselhos executivos de ONGs voltadas para o meio ambiente e turismo como a Conservação Internacional Brazil, CREST (Center for Responsible Travel) com sede em Washington DC. e da BLTA (Brazilian Luxury Travel Association).

Localmente, o UXUA é um membro fundador e participante ativo de diversas ONGs como a Associação Despertar, MAMA Trancoso, ATS (Associação Trancoso Sustentável), Observatório Social e AAPET, uma associação de arquitetos e engenheiros comprometidos com a urbanização verde.

Reconhecemos que ao receber nossos hóspedes no coração de uma vila histórica não temos somente vizinhos, temos parceiros, e os ingredientes mágicos que constroem nosso sucesso são o calor e receptividade dos moradores locais, dentre os quais encontramos muitos colaboradores nos projetos sociais e ambientais que apoiamos.

Turismo + Sustentável

A Conservação Internacional Brasil é nossa parceira em vários projetos e o cofundador do UXUA Bob Shevlin trabalha diretamente com a ONG não apenas como membro de seu Conselho Deliberativo, mas também como assessor técnico no projeto Turismo + Sustentável que foi lançado virtualmente em junho de 2021 (veja o evento online de lançamento) e pretende, ao longo de 24 meses, criar um modelo de desenvolvimento turístico sustentável para o sul da Bahia.

A CI atua há mais de 20 anos na região de Abrolhos, no sul da Bahia, e há 6 anos foca em conectar turismo sustentável e áreas virgens protegidas.

A CI pretende reunir todas as lições e parcerias já construídas no território a fim de promover formas de maior e mais duradoura geração de renda para profissionais e empresas de turismo por meio da inovação, do empreendedorismo de impacto social e de soluções baseadas na natureza.

“UXUA é luxo com consciência limpa”
The Times, Londres

Alimente Trancoso - resposta a pandemia

A humanidade não tem maneira mais fundamental de demonstrar cuidado e dignidade do que garantindo que todos possam comer.

Quando o turismo e as economias locais por todo o Brasil foram repentinamente interrompidos pela pandemia de Covid-19 e a incerteza dividiu líderes políticos e paralisou serviços públicos, o UXUA demonstrou determinação ao atuar pela união de clientes e concorrentes em uma campanha extremamente efetiva para garantir que ninguém ficasse sem comida no prato.

A Alimente Trancoso (AT) nasceu 15 de março de 2020 em um esforço espontânea de reunir os estoques de alimentos dos hotéis e restaurantes e levá-los até idosos e família vulneráveis de bairros carentes da vila e de duas comunidades vizinhas.

Pelos próximos 7 meses de maior impacto econômico da pandemia, a AT expandiu seu alcance por meio de generosas doações e arrecadações de fundos criativas que eventualmente proporcionaram a distribuição de 5.500 cestas básicas, cada uma capaz de sustentar uma família pequena por um mês.

Um total de 127 toneladas de alimentos e 61 mil itens de higiene pessoal e de limpeza foram distribuídos sob a direção da Diretora de Sustentabilidade do UXUA, que trabalhou como líder do projeto com o indispensável apoio de voluntários e dos anjos da rua que diariamente saiam para entregar as doações e documentar os mais necessitados de ajuda.

Organic Festival Trancoso

O UXUA acredita que ações positivas e inspiradoras são a melhor maneira de provocar mudanças.

Criado pelo UXUA juntamente com o empresário da gastronomia Charles Piriou, o Organic Festival nasceu com a missão de ser uma celebração de valores compartilhados: cuidado com o meio ambiente, com o bem estar da comunidade e com o futuro que deixaremos para as próximas gerações. E claro, valorizar o poder inspirador de uma boa comida.

O festival reúne empreendimentos e residentes locais com talentosos chefs de todo o Brasil, produtores, criadores, ONGs como a Conservação Internacional, músicos, artesãos e voluntários, trabalhando juntos para criar a vida mais saudável possível para todos em Trancoso.

Conservação Internacional Brasil - pesca sustentável

A pesca sustentável é uma das iniciativas da Conservação Internacional Brasil em andamento em nossa região.

Como mostrado no vídeo a seguir, durante e edição de 2019 do Organic Festival a equipe da CI forneceu caranguejos capturados de forma sustentável, que a chef Roberta Sudbrack preparou com a ajuda de cozinheiras locais que lhe ensinaram técnicas tradicionais. A CI também promoveu encontros com pescadores para aconselhá-los sobre recursos disponíveis e táticas para aprimorar seu trabalho e subsistência.

Em 2021 o UXUA segue cooperando com a CI na pesca sustentável, evoluindo um interesse no tema de longa data (em 2014 o UXUA foi o patrocinador fundador da Associação de Pescadores de Trancoso).

Estão em andamento preparações para cenários de distribuição que tornem viável fornecer peixes frescos e de origem sustentável diretamente para os melhores restaurantes da região, possivelmente instalando um pequeno escritório diretamente no Quadrado Histórico.

Em Trancoso, aproximadamente 100 pescadores de 30 famílias dirigem-se ao mar em 10 pequenos barcos de madeira e pescam com linhas manuseadas com as próprias mãos, não usam varas. Redes de pesca são utilizadas somente em abril, quando as tarrafas (pequenas redes) são arremessadas diretamente da praia para capturar tainhas, uma iguaria sazonal.

MAMA Trancoso - ensinando ativismo para a juventude de Trancoso

Como potencializar a consciência social e ambiental e simultaneamente promover o ativismo em um lugar onde esses conceitos são novidade?

Pela educação!

O MAMA Trancoso, Movimento Ambientalista Mukaú Aponem (mukaú aponem significa "reunidos em alegria" na língua Pataxó) é uma colaboração entre o UXUA e sua parceira de longa data no desenvolvimento do turismo sustentável, a ONG Associação Despertar.

A iniciativa educacional oferece um estágio pago para 15 estudantes por ano, com foco em ativismo e ambientalismo, ensinados por professores de diferentes disciplinas como biólogos, engenheiros ambientais e civis, especialistas em civismo e cidadania, além de artistas, fotógrafo e cineastas que ensinam conceitos de mídias sociais e habilidades de comunicação.

O curta metragem a seguir, Mangue Eugnam, foi inteiramente escrito e produzido por estudantes do MAMA Trancoso a fim de conscientizar o público das ameaças que a urbanização trás ao importante bioma do mangue.

Em 2019, o projeto MAMA Trancoso e o curta Mangue Eugnam foram um dos 3 finalistas ao prémio de Visão Sustentável da BLTA (Brazilian Luxury Travel Association).

UXUA e CREST - Center for Responsible Travel

Em 2021 o cofundador do UXUA, Bob Shevlin, foi convidado a participar do conselho administrativo do CREST (Center For Responsible Travel), sediado em Washington DC. O conselho é formado por um grupo diverso e dedicado de 16 especialistas da indústria escolhidos para impulsionar a missão da ONG de pesquisar e promover soluções de turismo sustentáveis para o mundo.

Uma característica única do CREST é seu programa de Afiliados Acadêmicos iniciado em 2015, em que 33 professores de universidades ao redor do mundo reúnem-se para fornecer pesquisas e dados sólidos que confirmam os benefícios sociais e ambientais do turismo sustentável.

O CREST também publica livros influentes frequentemente usados como referência na indústria de turismo, como o título de 2021: Overtourism: Lessons for a Better Future (Island Press).


Documentando a cultura de Trancoso

O UXUA não nasceu em Trancoso porque gostamos daqui, e sim porque amamos esse lugar.

Durante a última década temos convidado artistas talentosos para ajudar-nos a compartilhar Trancoso com o mundo, tanto as sensações únicas que a vila evoca em quem a conhece - perfeitamente registradas nas trinta Telas dos Artistas UXUA - como cenas do quotidiano e eventos culturais icônicos capturados em uma série de documentários e curtas-metragens.

Um de nossos favoritos é a contribuição do cineasta brasileiro Cisma, de 2011.

Convidamos Cisma para filmar o festival anual de São Brás que acontece todo 03 de fevereiro, uma manifestação cultural cheia de cores, música e tradição que muitos acreditam datar de tempos coloniais.

O festival teve significado especial para o UXUA em 2011 pois nosso criador, Wilbert Das, foi escolhido como festeiro juntamente com Cabocla Barreto e um família nativa vizinha. Os festeiros são responsáveis por organizar - e pagar por! - as 24 horas de celebração.

As festividades para São Brás, um dos padroeiros da vila, começam sempre na noite anterior com samba acústico no centro histórico der Trancoso, a poucos passos do restaurante UXUA Quadrado.

A celebração católica acaba encontrando-se com uma cerimônia paralela em honra de Iemanjá, deusa dos mares e divindade central do Candomblé, celebrada todo dia 02 de fevereiro; exemplo perfeito do sincretismo tradicionalmente brasileiro,

Cisma registrou ambos os eventos lindamente, apresentando-os quase como uma celebração única da vida pelos habitantes de Trancoso.

Felizmente o diretor também foi capaz de capturar histórias preciosas contadas por nativos mais velhos que já não estão entre nós, o que agrega ainda mais significado ao filme para a comunidade.

Histórias de sucesso da Despertar - Gena, o homem das flores

De origem humilde, Gena nasceu em uma pequena comunidade rural no sul da Bahia e há muitos anos mudou-se para Trancoso a procura de uma vida melhor. Aqui, começou a cultivar flores e seu primeiro cliente foi o UXUA, para quem continua a fornecer flores tropicais até hoje.

Ao longo dos anos Gena manteve seus filhos matriculados nas aulas da ONG educacional Associação Despertar Trancoso, e com muita dedicação três formaram-se na universidade; um deles atualmente trabalha no setor administrativo do UXUA e atua como membro voluntário do conselho da Despertar.

A Despertar é uma ONG dedicada a melhorar a qualidade do ensino para a juventude local, desenvolvendo suas habilidades para que possam um dia aproveitar boas oportunidades em carreiras no turismo, com foco em sustentabilidade.

O projeto inovador conta com aulas objetivas como línguas, serviços de hospitalidade e administração, além de opções mais abrangentes com o propósito de aprofundar conexões com as famílias dos alunos como horticultura, artes, danças, esportes e teatro.

O UXUA é um parceiro fundador e colaborador próximo da Despertar. Fornecemos gratuitamente as instalações para as aulas e jardim comunitário, além de outras contribuições como subscrever suas mídias sociais e atividades editoriais. Além disso, 5% da receita bruta das casas da coleção UXUA Alma é destinada à ONG.

Desde sua fundação em 2010 a associação é apoiada por muitas empresas de turismo locais e segue sendo um exemplo maravilhoso de companhias preocupando-se em investir não somente em seu próprio resultado mas também na saúde de sua comunidade, e o sucesso de famílias como a de Gena são a prova de que economias circulares funcionam.

Capoeira para todos

Um dos aspectos únicos de Trancoso é a paixão que a juventude local tem pela própria herança cultural. Os jovens tocam instrumentos tradicionais, cantam músicas antigas, curtem as danças regionais e amam capoeira.

Criada na Bahia por africanos escravizados (cerca de 4 milhões foram trazidos ao Brasil), a capoeira é uma mistura de dança e arte marcial praticada em grupo e acompanhada por música. Seu objetivo não é a competição e sim expressar alegria, união e força.

A filial de Trancoso da famosa academia Capoeira Sul da Bahia é dirigida pelo generoso e comprometido professor Diney Lima. Desde 2006 o patrocínio do UXUA ajuda Diney a garantir que as crianças locais possam praticar, independentemente de suas condições financeiras.

Centenas de jovens participam, e as apresentações de roda de capoeira no Quadrado Histórico e na praia são lendárias. A relação do UXUA com a Capoeira Sul da Bahia sempre foi muito próxima; os professores da academia visitam o hotel para ensinar capoeira aos hóspedes (100% do valor das aulas é revertido para a academia), os hóspedes participam das aulas públicas ao lado dos jovens locais e a cada dois anos o UXUA hospeda professores de todo o mundo durante o Congresso Internacional de Capoeira Sul da Bahia.

O UXUA sempre procurou conscientizar o mundo sobre a importância da capoeira e participou ativamente de campanhas para que o esporte fosse reconhecida pela UNESCO, o que ocorreu em 26 de novembro de 2014, quando a capoeira passou a ser “patrimônio cultural imaterial da humanidade”.

No vídeo a seguir, Diney e a família UXUA colaboraram para reviver uma performance da tradicional puxada de rede, cerimônia que não acontecia em Trancoso há décadas. O segundo vídeo mostra a 7ª edição do Congresso Internacional de Capoeira Sul da Bahia, um dos encontros de mestres capoeiristas mais importantes do mundo.

Retorno do artesanal

Um dos objetivos do designer Wilbert Das com o experimento UXUA era trazer de volta ao centro histórico de Trancoso a produção artesanal (e também a agricultura) tradicional.

Enquanto a construção do hotel acontecia com uso de materiais restaurados, de forma manual e com equipes de artesãos praticamente vivendo na propriedade por dois anos, Wilbert aproveitou para inserir uma área dedicada a um ateliê permanente onde trabalhos de tecelagem, pintura e cerâmica pudessem ser realizados a vista dos futuros hóspedes.

A ideia foi um sucesso e extremamente popular com os clientes do UXUA, que gostam de interagir com os artesãos e oferecer sugestões de produtos que gostariam que fossem produzidos especialmente para eles, como os muito procurados kafkans e kimonos feitos por Evandro em um de nossos teares.

Evandro era garçom em um restaurante próximo ao hotel quando foi descoberto por Wilbert há alguns anos. Ele aprendeu a tecer em teares tradicionais na infância, com sua avó, e quando Wilbert descobriu seu dom lhe ofereceu um trabalho imediatamente, agora o tecelão mantém viva a tradição familiar passada de geração em geração. Não é a toa que Evandro está sempre sorrindo.

Apoiando nossos vizinhos Pataxós

Em 2008 um jovem líder Pataxó chamado Hayo, filho do cacique, trabalhava em artesanatos tradicionais em parceria com o designer Wilbert Das que então decorava seu novo projeto, um hotel em Trancoso. Enquanto caminhava pelos jardins da propriedade observando as dezenas de orquídeas que cresciam entre as árvores, Hayo notou uma espécie que nunca havia visto, uma enorme surpresa para ele já que um profundo conhecimento da flora local sempre foi motivo de orgulho para seu povo. Hayo admirou a flor por algum tempo, repetindo a palavra "uxua", que Wilbert descobriu significar maravilhoso na língua Pataxó. E assim nosso hotel encontrou seu nome, da maneira mais espontânea e orgânica possível.

Os Pataxós vivem em áreas litorâneas ao norte e sul de Trancoso e sua criatividade e cultura inspiraram o UXUA de diversas formas, tanto em inúmeros detalhes de design como nos ingredientes naturais que utilizamos e nos tratamentos oferecidos no Vida Spa.

Assim como todos os povos originários brasileiros, os Pataxós sofreram séculos de tragédias que ainda perduram. Em 2021 o governo federal continua a minar sua autonomia, acesso a educação e proteção de suas terras, mas os Pataxós resistem a total assimilação colonial e as crescentes ameaças de mineradores, madeireiros e fazendeiros,

Todo ano, em abril, os povos Pataxó reúnem-se para uma celebração de música, danças, esporte e culinária tradicionais. O local cerimonial utilizado para o evento e eternizado no documentário do Artista em Casa UXUA Damian Calmo ficava em Barra Velha. A estrutura foi queimada em um ato de violência dia 13 de novembro de 1019. Os Pataxó sonham em reconstruí-la e nós seguimos apoiando seus esforços.

Colaboração artística Huni Kuin

Em maio de 2018 os Huni Kuin generosamente receberam a artesã do UXUA, Nossica Al-Koubaisy, no Acre e compartilharam com ela os segredos de seus bordados tradicionais. Meses depois, dois artistas Huni Kuin cruzaram o país para juntar-se a Nossica novamente, agora em Trancoso e juntamente com o criador do UXUA, Wilbert Das, para uma residência de um mês no programa Artista em Casa.

Isaka e Neshani conheceram a cultura dos Pataxó na vila de Barra Velha e entraram em contato com novas formas de expressão artística em visitas aos ateliês do pintor Damião Vieira e do ceramista Zé da Cerâmica.

Em um dia inteiro de workshop trocaram ideias sobre preservação com os estudantes e professores do projeto ambientalista MAMA Trancoso, além de compartilharem detalhes sobre a vida na Floresta Amazônica.

Todas as novas experiências vividas em Trancoso inspiraram obras de arte espetaculares de Isaka e Neshani, exibidas no restaurante UXUA Quadrado em uma mostra que também incluiu trabalhos de três outros povos nativos brasileiros: Kayapós, Xingús e Waiwais.

BLTA - promovendo o luxo com sustentabilidade

A BLTA (Associação Brasileira de Viagens de Luxo) é uma organização sem fins lucrativos comprometida em promover a colaboração entre os participantes do mercado de turismo de luxo brasileiro, com o objetivo de encorajar o turismo responsável e altos padrões de sustentabilidade para a indústria.

A meta são hotéis cinco estrelas e comunidades cinco estrelas.

O cofundador do UXUA, Bob Shevlin, fez parte do comitê executivo da BLTA como Diretor de Comunicação, contribuindo com o atual site e o slogan da instituição:

Authenticity is the World's Greatest Luxury

A expressão foi claramente inspirada nos anos vividos em Trancoso.

Em 2019 Bob e outros membros da diretoria apresentaram a primeira edição do Prêmio de Visão Sustentável BLTA, e por meio de visitas a embaixadas brasileiras e eventos do mercado de turismo ao redor do mundo o promovem juntamente com o trabalho da BLTA e de seus membros.